Moinhos de Porqueira I

O lugar de Porqueira pertence à freguesia de Longos Vales, concelho de Monção, mas situa-se na vertende Nascente da Serra da Anta, na intercepção com as freguesias de Barbeita, a Norte e Merufe a Este. Neste minúsculo aglomerado populacional existem três moinhos, dois deles geminados, cujo sistema de propulsão é o rodízio de copos, uma raridade que parece ter o seu epicentro em Merufe com algumas ramificações para os arredores, como é o presente caso.

Hoje vou apresentar apenas os dois engenhos geminados que se encontram à face da estrada municipal que liga a sede da freguesia àquele pequeno e periférico lugar.

São dois engenhos que sofreram importantes obras de conservação num passado recente (1945?) com a aplicação de um tecto em vigas de cimento e tijoleira e capazes de prevalecer em bom estado ainda por muitos anos, com excepção dos componentes de madeira que já se encontram muito degradados e correm o risco de se perderem irremediavelmente a breve prazo.

Só num deles me foi permitido o acesso ao interior.

Pelo que se observa já deixaram de funcionar há bastantes anos.

 

Apresentação geral

 

Interior

 

A mó (andadeira)

 

Rodízio e seteira

Publicado por Eira-Velha às 13:07 | link do post | comentar